4.3.11

Aline

é uma garota meio... sei lá.
Às vezes não está nem ali, nem aqui.
Acolá! Sempre indo e vindo
pelo caminho mais curto
entre o céu e o inferno.
Dissimulada e ilusória;
um diamante na estante
de quem pensa que a tem,
mas no mesmo instante que tu pensas
que ela vem
já está há cinco horas de você.
Aline tem sexo no café da manhã
e nunca é café-com-leite.
Veste o jeans, balança o cabelo
e deixa vítimas no elevador.
Na escola Aline é prova,
é todo dia aluna nova
e dá trabalho ao professor.
Mentirosa que só ela
tem ligação direta com o diabo,
que lhe ensina passo a passo
como se tornar a sua deusa;
Aline é quase um
tudo ou nada
que já desistiu de morrer
de amor.

4 Falaram mais sobre isso:

Arianne Carla disse...

Bom dia! Essa Aline aí é bem viva, não é ? Perspectivas e cheia de atitude, às vezes nem tão boas assim, às vezes muito chamativa. Mas, sempre Aline, sempre ela mesma. Muito bom. Seguindo.

Amanda B. Dornelles disse...

hum.

Daddy disse...

Adorei.

Luiz Luna disse...

Texto muito bonito. Vou guardar pra mostrar à uma Aline.